05/11/2018 16:19:0069 exibições

Prefeitura adota medidas para evitar alagamentos no Nova Barra; reunião cria comissão para ir ao MPF

Prefeitura adota medidas para evitar alagamentos no Nova Barra; reunião cria comissão para ir ao MPF

SECOM/BG

Prefeitura Municipal de Barra do Garças - Mato Grosso

A Prefeitura de Barra do Garças adotou uma série de medidas para evitar novos alagamentos na avenida Amazonas, no Jardim Nova Barra. Desde às primeiras horas da manhã desta segunda-feira (5), homens e maquinários da Secretaria de Transportes e Serviços Públicos estão nos pontos críticos para a execução de obras paliativas que possam solucionar os problemas até a construção do sistema de drenagem definitivo.

Os novos alagamentos foram registrados com as fortes chuvas que castigaram Barra do Garças no final de semana, causando transtornos à população. Em 2017, com a ocorrência dos primeiros problemas, a Prefeitura cobrou do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) medidas para pôr fim ao problema criado pelo próprio órgão com as obras do anel viário.

O superintendente do DNIT em Mato Grosso, Orlando Fanaia, prometeu ao prefeito Roberto Farias uma solução definitiva, contudo, com o início do período chuvoso os alagamentos voltaram a prejudicar os moradores. “Diante dessa situação, a Prefeitura se mobilizou para buscar uma solução imediata, mesmo que de forma paliativa, como a reabertura das valas para o escoamento da água”, disse o secretário de Planejamento Urbano e Obras, Agvailton Alves Júnior.

A equipe da Secretaria de Transportes e Serviços Públicos com o auxílio de outras secretarias, está executando limpeza das guias de sarjetas, reabrindo a vala de escoamento e desobstruindo o sistema que permite a vazão da água, evitando que ela se acumule e possa formar bolsões que colaboram para os alagamentos.

Outros pontos no Jardim Nova Barra estão recebendo obras de drenagem para evitar problemas no futuro, como os que ocorrem na avenida Amazonas. Somente nesta gestão já foram aplicados R$ 26 milhões em benefícios aos moradores, como pavimentação asfáltica e sistema de drenagens. Neste ano, por exemplo, outros R$ 3 milhões também estão sendo investidos no bairro.

Comissão e MPF

Além das medidas, o secretário, acompanhado pelos secretários George Maia (Gabinete), Paulo Henrique (coordenador da Defesa Civil), Mauro Piauí (Planejamento), o engenheiro Guilherme Fernandes da Silva (Transportes), Vander Lima (Comunicação), o procurador Jurídico, Edgar Atallah e os vereadores Doutor João, Dr. Neto, Valdeí Pebinha, Gustavo Nolasco, Júlio César, Sivirino Santos e Murilo Valoes, discutiram amplamente o problema e a busca de solução.

Na oportunidade, o secretário Agvailton Alves apresentou as medidas já tomadas e também as tratativas com o DNIT para pôr fim aos transtornos que afetam os moradores. O secretário detalhou aos vereadores o que tem sido feito e a promessa do órgão federal em acabar com os alagamentos. As cobranças são quase que diárias.


“O município está preocupado com a situação e apresentou, inclusive, uma solução que pode amenizar todo esse problema, que é a construção de uma vala na avenida Amazonas para o escoamento da água, até a obra final que o próprio DNIT executará. O que não pode é continuar como está”, disse o secretário.


Ao final da reunião ficou definida a criação de uma comissão formada por secretários e vereadores para o envolvimento no Ministério Público Federal (MPF) na questão. A comissão vai pedir o auxílio do procurador da República, Guilherme Fernandes Ferreira Tavares para “pressionar” o DNIT e firmar Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para uma solução definitiva do problema.


Os membros da comissão irão protocolar o documento reivindicatório ainda nesta segunda-feira (5) por questão da urgência que o caso requer.

Prefeitura Municipal de Barra do Garças • Rua Carajás, 522 • Centro • CEP 78.600-000 • Fone: (66) 3402-2000
Araguaia Networks Designed by André Luiz